Notícias da Diocese

V CAMAPNHA DA FRATERNIDADE ECUMÊNICA 2021

TEMA: “Fraternidade e Diálogo: compromisso de amor”

LEMA: “Cristo é a nossa paz: do que era dividido, fez uma unidade” (Ef 2,14a)

 

            A Campanha da Fraternidade Ecumênica (CFE) representa uma das experiências mais valiosas de missão evangelizadora em nosso país. O Texto-Base da CFE 2021 é um dos principais subsídios da campanha que norteia toda a reflexão proposta para o período quaresmal e  nos ajuda, por meio do tema escolhido – “Fraternidade e Diálogo: compromisso de amor” – e do lema – “Cristo é a nossa paz: do que era dividido, fez uma unidade” (Ef 2,14a) – a sinalizar que o diálogo é o nosso melhor testemunho. fé nos lembra de que Cristo é nossa Paz e nos anima a prosseguir pelo caminho da unidade na diversidade. Com ela, afirmamos que a fraternidade e o diálogo são compromissos de amor, porque Cristo fez uma unidade daquilo que era dividido. A escolha por testemunhar a fé vivida em diversidade desafia-nos a realizar a Campanha da Fraternidade Ecumênica 2021.

            Essa é a quinta CFE e tem como objetivo geral “convidar as comunidades de fé e pessoas de boa vontade para pensar, avaliar e identificar caminhos para superar as polarizações e as violências através do diálogo amoroso testemunhando a unidade na diversidade”.

            O secretário executivo para Campanhas da CNBB, padre Patriky Samuel Batista, destaca que “Cristo é a nossa paz e suas ações nos inspiram a concretizá-la por meio do nosso testemunho de vida”.

“Seu amor nos une, sua Palavra desperta em nossos corações o compromisso com a construção de uma sociedade que seja capaz de dialogar superando assim as polarizações que adiam a “cultura do encontro” e o desejo de Cristo de que todos sejamos um (Jo 17,21). Cultura capaz de iniciar processos de vida nova a partir de um coração que se converte e, como tal, jamais deixará de dialogar, viver a fraternidade e, em conjunto, trabalhar em favor da justiça e pela paz”, reforça padre Patriky.

 

Objetivo geral da CFE 2021

– Através do diálogo amoroso e do testemunho da unidade na diversidade, inspirados e inspiradas no amor de Cristo, convidar comunidades de fé e pessoas de boa vontade para pensar, avaliar e identificar caminhos para a superação das polarizações e das violências que marcam o mundo atual.

 

Objetivos específicos

– Denunciar as violências contra pessoas, povos e a Criação, em especial, as que usam o nome de Jesus;

– Encorajar a justiça para a restauração da dignidade das pessoas, para a superação de conflitos e para alcançar a reconciliação social;

– Animar o engajamento em ações concretas de amor à pessoa próxima;

– Promover a conversão para a cultura do amor em lugar da cultura do ódio;

– Fortalecer e celebrar a convivência ecumênica e inter-religiosa.

 

EXPLICAÇÃO DO CARTAZ

  A arte, produzida pelo Ateliê15, para ilustrar o caminho fraterno de diálogo e comunhão foi concebida a partir da palavra UNIDADE – qualidade ou estado de ser um ou único, de não poder ser dividido. O cartaz remete ao apelo de Cristo pela unidade.

A base do desenho é uma CIRANDA, uma grande roda onde não há primeiro, nem último, onde todos formam uma unidade e precisam trabalhar na mesma sintonia e ritmo para não perderem o compasso. A ciranda lembra uma canção muito comum em nossas comunidades, ‘baião das comunidades’ do cantor e compositor Zé Vicente. Todas e todos são convidados a participarem desta ciranda pela vida construindo a civilização do amor, da justiça, da igualdade e da paz. Na ciranda há uma criança com a mão estendida à espera de mais pessoas a fim de que o movimento de fraternidade não pare. Somos todos convidados! (Atiliê15)

 

 

 

ORAÇÃO OFICIAL DA CAMPANHA DA FRATERNIDADE 2021

Deus da vida, da justiça e do amor,

Nós Te bendizemos pelo dom da fraternidade

e por concederes a graça de vivermos a comunhão na diversidade.

Através desta Campanha da Fraternidade Ecumênica,

ajuda-nos a testemunhar a beleza do diálogo

como compromisso de amor, criando pontes que unem

em vez de muros que separam e geram indiferença e ódio.

Torna-nos pessoas sensíveis e disponíveis para servir a toda a humanidade, em especial, aos mais pobres e fragilizados, a fim de que possamos testemunhar o Teu amor redentor e partilhar suas dores e angústias, suas alegrias e esperanças, caminhando pelas veredas da amorosidade.

Por Jesus Cristo, nossa paz, no Espírito Santo, sopro restaurador da vida.

Amém!

 

Na segunda quinzena de novembro, a Comissão da CFE, diretoria do CONIC e CNBB reuniram-se para definir a agenda de lançamento da Campanha.

Veja o que foi deliberado.

Sobre a coletiva de imprensa:

Acontecerá no dia 17 de fevereiro, período da manhã, na sede da CNBB, Brasília. Nesta coletiva teremos as representações das presidências das igrejas e organização envolvidas na preparação da Campanha.

No dia 17 de fevereiro, período da tarde, pretendemos realizar uma roda de conversa, presencial, em Brasília, com organizações e pessoas convidadas. A roda de conversa será sobre o tema da Campanha e as contribuições das igrejas para o fortalecimento de uma cultura de não violência. Ao final, lançaremos uma carta pública das igrejas sobre Diálogo e paz.

Sobre a Celebração Ecumênica de Lançamento da Campanha: 

Será gravada e lançada nas redes sociais e outros espaços de mídia das igrejas. A celebração será transmitida simultaneamente nas redes e mídias do CONIC e das igrejas envolvidas na CFE, no dia 17 de fevereiro, às 21h00.

Regionais, coletivos e grupos:

Solicitamos a todos os regionais, coletivos e grupos que tiverem redes sociais se programarem para retransmitir/compartilhar esta celebração. Nosso objetivo é realizar uma grande corrente celebrativa em favor do diálogo como compromisso de amor. Seguiremos o exemplo do que realizamos na Semana de Oração pela Unidade Cristã de 2020: optamos por realizar a celebração de forma gravada por causa do aumento dos casos de Convid-19. Acreditamos que, justamente no período de lançamento, viveremos um novo pico da pandemia.

Queremos animar todos os regionais ecumênicos e demais grupos a organizarem seus lançamentos locais e compartilhar conosco para podermos visibilizar as ações pela unidade na diversidade que serão promovidas com esta Campanha.

Está no nosso horizonte a realização de uma celebração ecumênica presencial de agradecimento pela CFE. Pretendemos realizar este momento celebrativo no segundo semestre de 2021.

Por enquanto, agradecemos todas as pessoas engajadas nesta Campanha, cujo tema se mostra cada dia mais oportuno e necessário. Que nosso testemunho de unidade contribua para a superação das divisões.

Aproveitamos e compartilhamos, neste link, a síntese dos trabalhos em grupo realizados no Encontro Nacional.

Fonte: CONIC

Adicionar Comentário

Clique aqui para postar seu comentário

PALAVRA DO BISPO

Dom Antônio Carlos Cruz Santos

Dom Antônio Carlos Cruz Santos

Bispo Diocesano de Caicó

TUTELA DE MENORES

AGENDA DIOCESANA

SuMoTuWeThFrSa
 

1

2

3

4

5

6

7

8

9

10

11

12

13

14

15

16

17

18

19

20

21

22

23

24

25

26

27

28

29

30

31

 
 « ‹Maio 2021› » 
× Economato