Notícias da Igreja

Em 2019, Fundo Nacional de Solidariedade (FNS) apoia 205 projetos sociais

O Conselho Gestor do Fundo Nacional de Solidariedade (FNS) aprovou, em sua última reunião do ano, o repasse de mais de um milhão de reais para projetos sociais. Nesta terceira fase foram aprovados, ao todo, 81 projetos de entidades sociais sem fins lucrativos e que estavam habilitados a trabalhar com a temática proposta pela Campanha da Fraternidade de 2019 – Fraternidade e Políticas Públicas.

Conforme critérios estabelecidos no edital do Fundo, os projetos devem ter focos específicos de ação e seguir um conjunto de regras. Recebem o apoio aqueles que se encaixam em três eixos: formação e capacitação; mobilização para a conquista de direitos e superação da vulnerabilidade econômica e geração de renda.

Franklin Queiroz, coordenador de projetos do Fundo Nacional de Solidariedade

Nesta última reunião, Franklin Queiroz, coordenador de projetos do Fundo de Solidariedade, explicou que o grupo deu prioridade aos projetos do eixo de número três cujo foco é voltado à mobilização para a conquista de direitos e superação da vulnerabilidade econômica e geração de renda.

Neste eixo encontram-se os projetos que buscam capacitar pessoas estimulando a geração de renda de forma cooperada associada ou individualmente e que beneficiem pessoas de baixa renda. Ações que alcancem pessoas em situação de risco e vulnerabilidade social expostos a violência do desemprego e da desigualdade econômica também recebem o aporte.

Segundo Franklin, nesta ocasião, o Conselho Gestor procurou atender o maior número de entidades possíveis. “Reduzimos um pouco os valores pedidos para atender o maior número de entidades”, confirmou. Nesta terceira fase, de um total de 276 projetos cadastrados, 146 estavam em condições de serem avaliados. Ao final da análise, o grupo aprovou 81 projetos. O valor total é de R$ 1.203.897,04. Uma média de 15 mil reais por projeto.

Balanço

Neste ano de 2019, os Estados de Minas Gerais, São Paulo e Rio de Janeiro foram os que mais tiveram projetos aprovados pelo Fundo Nacional de Solidariedade. Ao todo, em 2019, o Conselho Gestor deliberou o apoio para 205 projetos sociais. “Nessa última reunião nós podemos destacar também o comprometimento dos membros que se dispuseram a debruçar sobre os projetos e a entender as necessidades e realidades de cada um deles”, finalizou o coordenador do Fundo, Franklin Queiroz.

No site do Fundo Nacional de Solidariedade há uma relação completa dos projetos que foram aprovados, além da prestação de contas: http://fns.cnbb.org.br/fundo/informativo/index

Fonte: cnbb.org.

PALAVRA DO BISPO

Dom Antônio Carlos Cruz Santos

Dom Antônio Carlos Cruz Santos

Bispo Diocesano de Caicó

TUTELA DE MENORES

AGENDA DIOCESANA

SuMoTuWeThFrSa
 

1

2

3

4

5

6

7

8

9

10

11

12

13

14

15

16

17

18

19

20

21

22

23

24

25

26

27

28

29

30

31

 
 « ‹dez 2020› »