Colunistas

Pe. Everaldo Araújo de Lucena

A Pedagogia no Procedimento Missionário de Evangelização

Um dos procedimentos mais significativos dos processos sociais contemporâneos é a busca e o entendimento da educação. Não que isso não tivesse sido presente antes por filósofos, sociólogos, antropólogos. Pedagogos e teólogos.

Nesse sentido, nenhuma pessoa na face da terra escapou do processo educativo na formação da pessoa, seja do mundo das letras, da matemática, da vida e até mesmo no que se refere a dimensão religiosa, a espiritualidade. Em casa, na rua, na Igreja ou na escola, para uns menos e para outros mais, todos nós somos conduzidos “[…]para aprender, para ensinar, para aprender e ensinar. Para saber, para fazer, para ser ou para conviver, todos os dias misturamos a vida com a educação. […]” (LIBÂNEO, 2010).

Entretanto, o que se pode afirmar que é não há uma única forma de modelo de educação; A escola não é o único lugar que a educação se proporciona, o primeiro espaço é na família, estendendo, também, a Igreja e para que aconteça, faz-se necessário a atuação do poder da pedagogia presente ao meio educativo, seja formal e não-formal.

Nesse contexto, as ações pedagógicas não apenas na escola como entendemos, mas deve proceder na família, nos meios de comunicação, nos movimentos sociais e demais grupos humanos organizados, entre estes a igreja no seu processo missionário de evangelizar; esfera, essa, que deve disseminar-se em práticas pedagógicas que faça as pessoas terem um encontro com o Sagrado, como o próprio Jesus em sua missão o fez e espera que façamos a partir do Evangelho. (Bíblia Sagrada, 1991).

Nessa perspectiva, no que se refere a pedagogia, muitas ideias populares estão presentes entre as pessoas, inclusive muitos pedagogos e teólogos. De que q Pedagogia é a maneira como se ensina, o modo de conduzir a disciplina, o uso de técnicas de ensino, onde vem em mente que o pedagógico se refere ao metodológico, aos procedimentos. Contudo, esse modo de pensar desenvolve nas pessoas uma ideia simplista e reducionista.

Em consideração, a Pedagogia está presente nos processos educativos sim, nos métodos e nos jeitos de ensinar, mas antes disso ela tem um sentido bem mais além e bem mais globalizante e o próprio jesus em suas ações de ensinar nos mostra as diversas formas de como fazer e promover o outro, que nos faz respeitar a totalidade, a historicidade e, ao mesmo tempo, uma matriz orientadora de ação educativa na formação de ser pessoa em sua dignidade e acessão ao mundo da alegria e felicidade.

Pedagogia é, entretanto, no que se entende o hemisfério do conhecimento e do saber, ocupa, também, o espaço sistemático educativo e catequético, ação concreta que se realiza na família, na sociedade e na Igreja, como comunidade que busca o desenvolvimento humano da pessoa (MENDONÇA,2008). Nesse contexto, o maior exemplo de pedagogo é o próprio Jesus, em todas as suas ações demonstrou modos de ensinar e fazer as pessoas se reconhecerem em sua própria dignidade, seja na dimensão humana seja na espiritual.

Portanto, esses processos formativos estão presentes no objetivo de estudo da Pedagogia, onde essa coluna desenvolve mensalmente isso, porque a educação desenvolve-se na família, no trabalho, na rua, na fábrica, nos meios de comunicação, na política e porque não dizer na Igreja.

Por: Pe. Everaldo Araújo de Lucena

Adicionar Comentário

Clique aqui para postar seu comentário



PALAVRA DO BISPO

Dom Antônio Carlos Cruz Santos

Bispo Diocesano de Caicó